Ângela Bismarchi transforma amante de Rei Arthur em uma devassa desbocada

Published On dezembro 13, 2015 » 30 Views» By Ana Carolina » FAMOSOS, NOTICIAS

Além de ousar com Don Juan Gay, autora reinventa personagens clássicos.

Ângela Bismarchi ainda não fez o lançamento oficial de seu livro, mas já causou muita polêmica com sua nova obra literária.

A autora, que revelou algumas peculiaridades da personagem central de “Don Juan e Seus Tons de Pink”, contou que, além do polêmico trio formado por Don Juan, obviamente, Rei Arthur e a Rainha Ginevere, há uma outra personagem que chama muita atenção por sua personalidade divertida e devassa.

Trata-se de Morgana, que na história original de Rei Arthur era conhecida como Morgana das Fadas.

“No meu livro Morgana é uma grande amiga, uma criatura divertida, desbocada, que adora sexo e acaba sendo parceira sexual de Guinevere, com quem vive aventuras muito ardentes”, revela a autora.

Veja Também: Ângela Bismarchi entra em clima natalino e revela: Não abro mão da rabanada

Ângela Bismarchi segurando seu livro

Foto: MF Models Assessoria

Na história original de Rei Arthur e a Távola Redonda, Morgana, que teve um filho de Arthur, é treinada por sua tia Viviane na Ilha de Avalon para se tornar a Senhora do Lago ou como também é chamada Dama do Lago ou Senhora de Avalon.

“Morgana adora a luxuria, tanto que na história, ela e Guinevere vão para uma cruz, chamada Cruz de Santo André, cheia de amarrações, e as duas se entregam ao sadomasoquismo”, conta Angela.

Veja Também: Ângela Bismarchi lança romance sobre sadomasoquismo e Don Juan gay

Livro da Ângela Bismarchi

Foto: MF Models Assessoria

Em obras como “As Brumas de Avalon”, de Marion Zimmer Bradley, que recontam a história do Rei Artur, Morgana é uma sacerdotisa sagrada da Grande Mãe. Apesar da história de Marion ser pouco realista, retoma laços importantes de Morgana com a cultura pagã atual.

Colocar Morgana numa posição de poder e conhecimento confere às mulheres uma importante retomada de sua posição forte no culto à Deusa, base do Druidismo Matriarcal.

Morgana das Fadas é um dos personagens mais fortes nas lendas Arthurianas. Como sua inimiga ou amiga, sua amante ou irmã, Morgana ou Morgaine encanta, aterroriza e engrandece essa antiga lenda que povoa nossa cultura há tanto tempo. Ângela ousa, ao reinventar uma personagem tão carismática e carregada de simbolismos para a cultura literária mundial. A criatividade da autora é uma das referências que faz de “Don Juan e Seus Tons de Pink”, no mínimo uma obra curiosa.

Divulgação – Assessoria de Imprensa

Autoria da Publicação

Olá, queridos leitores, meu nome é Ana Carolina, sou corresponsável pela edição do Blog Fama e Sucesso. Tenho vários assuntos para compartilhar com vocês no universo dos famosos. Espero que gostem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *